Furacão Irma foi um dos furacões mais potentes dos registrados historicamente. Muitas áreas afetadas por este fenômeno. Através da Satellite Animation Sees Category 4 Hurricane Irma Approach South Florida foi possível acompanhar eventos relacionados a passagem da tempestade

Furacão Irma


Como foram as primeiras informações sobre o Furacão Irma.


Segundo informações publicadas no site Comonns Dreams À medida em que as ilhas do norte do Caribe se preparavam para o impacto com o Furacão Irma as evacuações eram ordenadas no sul da Flórida. O furacão Irma tornou-se um dos furacões mais fortes do Atlântico já registrado com ventos sustentados de mais de 185 mph e uma intensidade rara que uma tempestade nesta parte do mundo poderia ter.
"Uma das coisas mais incríveis que já vi no satélite". -Eric Blake, Centro Nacional de Furacão "Wow",  para o meteorologista Eric Holthaus, "O furacão Irma deve agora * exceder * a intensidade máxima teórica para uma tempestade em seu ambiente.

Furacão Irma
by Pixabay - imagem ilustrativa @skeeze



 O National Hurricance Center, em um conselho  advertiu que Irma era um "furacão de categoria 5 potencialmente catastrófico" que traria "ondas de vento, tempestades e riscos de precipitação" nas Ilhas Sotavento a partir da noite de terça-feira, com Puerto Rico , as Ilhas Virgens, Cuba, as Bahamas, Turcos e Caicos, a República Dominicana e o Haiti também estariam em perigo nos dias seguintes. As ilhas Florida Keys e as áreas costeiras do sul do continente, incluindo Miami, poderiam enfrentar um golpe direto.


Acompanhe a animação da Nasa que mostra desenvolvimento do Furacão Irma.



Nesta animação da imagem de satélite da GOA East da NOAA a partir de 8 de setembro às 8:45 da manhã, EDT (1245 UTC) até 10 de setembro que termina às 8:55 a.m. EDT (1255 UTC) mostra que o furacão Irma da categoria 4 passa por Cuba e se aproxima do sul da Flórida. 







Furacão Irma da categoria 4 que se aproxima do sul da Flórida 

Em outra animação da imagem de satélite do GOES East da NOAA a partir de 6 de setembro às 9h45 da manhã (1345 UTC) até 9 de setembro que termina às 10:15 da manhã EDT (1415 UTC) mostra Furacão Irma da categoria 4 que se aproxima do sul da Flórida e Furacão da Categoria 4 José aproximar-se das Ilhas Leeward do norte. Enquanto isso, o furacão Storm Katia atingiu a terra e se dissipou no leste do México. TRT: 00:36 

Crédito: NASA-NOAA GOES Project




Crédito: NASA-NOAA GOES Project


Aviso do Furacão Irma


Gráfico divulgado pelo National Hurricane Center em 10 de setembro de 2017 mostra uma representação aproximada de áreas costeiras sob aviso do Furacão Irma em vermelho, centro do furacão em rosa e tempestade tropical (amarelo).


Grafico
Hurricane Irma by National Hurricane Center


O círculo laranja indica a posição do centro do ciclone tropical naquele momento.

Segundo o site dados históricos indicam que todo o caminho de 5 dias do centro do ciclone tropical permanecerá dentro do cone cerca de 60-70% do tempo.

Informa a publicação que a área que experimenta a força de furacão (velocidade média do vento por minuto de pelo menos 74 mph) e a força da tempestade tropical (ventos médios por minuto de vento de 39-73 mph) pode se estender muito além das áreas brancas mostradas, incluindo a área de caminho mais provável do centro do furacão.


Leia também: A importância das águas subterrâneas


Em notícia divulgada no site National Oceanic ande Atmospheric Administration o GOES-16 da NOAA capturou esta imagem infravermelha do furacão Irma na tarde de 10 de setembro de 2017 a partir das 5:00 da tarde (EDT).

Irma perde força, mas continua como furacão


O Centro Nacional de Furacão da NOAA informou que Irma tem ventos máximos perto de 110 milhas por hora. Embora o enfraquecimento seja previsto, Irma deverá permanecer como furacão pelo menos até a manhã de segunda-feira.

Storm Rider desafia ventos do Furacão Irma.


Homem arrastado
— Simon Brewer (@SimonStormRider) 10 de setembro de 2017
— Simon Brewer (@SimonStormRider) 10 de setembro de 2017


Embora o Blog tenha o objetivo de trazer informações técnicas, causas e consequências relacionadas ao Furacão Irma, não poderíamos deixar de registrar um daqueles momentos marcantes de um evento.
Uma das imagens mais emblemáticas da passagem do Furacão Irma pela Flórida ocorreu no Domingo 10 de setembro de 2017.
Juston Drake, Simon Brewer que são jornalistas e fotógrafos e que atuam, principalmente, na cobertura de fenômenos como tempestades publicaram um vídeo em que um deles  sai do carro para tentar medir a força do vento sendo arrastado, mas resistindo e retornando ao veículo.
Em uma rede social ele afirmou "Eu tinha que sair e testar os ventos do olho do furacão Irma", afirmou o meteorogista em sua rede social. Veja em sua conta de Twitter.

Leia também: Passagem do Furacão Irma em Cudjoe Key por Satélite


Referências

Fonte: 

1. NATIONAL HURRICANE CENTER. National Oceanic and Atmospheric Administration. Coastal Watches/Warnings and Forecast Cone for Storm Center. Disponível e: <http://www.nhc.noaa.gov/graphics_at1.shtml?cone> Acessado em 10/09/2017

2. http://www.nhc.noaa.gov/graphics_at1.shtml?cone

3. Comonns Dreams https://www.commondreams.org/news/2017/09/05/irma-intensifies-youve-never-experienced-hurricane
Compartilhe esta postagem em suas Redes Sociais!

.
Aproveite e veja outras publicações!
Confira as mais lidas na barra lateral.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top