Plantar Florestas é um Investimento Sustentável. Um estudo publicado em revista especializada analisa como a plantação de florestas em países emergentes, em larga escala, utiliza ferramentas de investimento sustentável e responsável (sustainable and responsible investment - SRI). Tema importante para a questão da sustentabilidade ambiental na utilização dos recursos naturais. Leia também 10 características do Regime de Proteção da Reserva Legal no Brasil

 Plantar Florestas é um investimento sustentável e responsável?


Segundo o estudo os investimentos em plantações de florestas em escala industrial têm crescido exponencialmente nos últimos anos e estão incluídas em carteiras de investimento, por várias razões (por exemplo, a diversificação, a mitigação de riscos, retornos atraentes). Mas, o rápido crescimento das florestas plantadas pode incorrer em impactos sociais e ambientais negativos. As empresas de investimento e gestores de fundos estão cada vez mais interessados ​​em usar ferramentas de investimentos sustentável e responsável (sustainable and responsible investment - SRI), por exemplo, padrões, normas e códigos de conduta. No entanto, um sistema de classificação para obter estas ferramentas na área das florestas plantadas ainda carece de consenso.

Por conseguinte, o estudo identifica, descreve e analisa as ferramentas mais comuns para este tipo de floresta e sugere um quadro para a avaliação da sua capacidade de abordar questões ambientais, sociais e de governança.

Árvores - Plantar Florestas é um Investimento Sustentável.
by RGS


 A Pesquisa sobre Plantar Florestas e Investimento Sustentável se divide em quatro aspectos:



  • 1 - Mais de 50 ferramentas são usadas ​​para categorizar os investimentos em florestas plantadas. As ferramentas mais comuns ​​são normas de gestão, políticas de investimentos financeiros e sistemas de classificação de investimentos.
  • 2 - Um documento de referência permite uma avaliação das ferramentas de qualidades a serem realizadas. As questões mais importantes destacadas são: legalidade, o impacto ambiental e certificação de terceiros. Por outro lado, questões como a redução da pobreza, percentual mínimo de unidades de conservação e prevenção de intrusão não são devidamente tratados.
  • 3 - O maior desempenho geral se origina do Forest Stewardship Council (FSC), Gold Standard, RepRisk, Certified B Corporation e Fairforest e também incluem WWF Responsible Investment Guide e o  FTSE4 Good Index Series.
  • 4 - É importante que sejam avaliadas, quer através de ferramentas SRI específicas, ou, pelo menos, com a devida consideração a fim de abordar adequadamente fatores de risco, tais como a melhoria das condições de vida e a prevenção de invasões e conflitos.

Referência

BROTTO, L. ; Pettenella, D. ; Cerutti, PO ; Pirard, R.  CIFOR Occasional Paper no. 151 Esta obra está licenciada sob uma  Licença Internacional Creative Commons 4.0 Attribution .

Compartilhe esta postagem em suas Redes Sociais!

.
Aproveite e veja outras publicações!
Confira as mais lidas na barra lateral.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top